Giro da Copa

AMISTOSOS POLÍTICOS

, O Estado de S.Paulo

28 de junho de 2010 | 00h00

CBF planeja marcar amistosos durante as Eliminatórias

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) já agendou seis amistosos para a seleção ainda em 2010, a partir do fim da Copa do Mundo. O primeiro será no início de agosto, nos Estados Unidos, provavelmente contra os donos da casa ou contra a França.

Como a seleção não vai participar das Eliminatórias para o Mundial no Brasil, a intenção da cúpula da CBF é promover vários amistosos nas datas estabelecidas pela Fifa para jogos classificatórios. Ainda neste ano, a seleção vai disputar duas partidas em setembro, outras duas em outubro e uma em novembro, e uma dessas pode ser noBrasil. Isso depende diretamente do rumo que a seleção tomar. Se for campeão, é certo que um jogo será realizado no País - Brasília e São Paulo são cotadas.

Haveria também uma motivação política para a composição da lista de jogos que o Brasil vai realizar até a Copa de 2014. O presidente da CBF, Ricardo Teixeira, pretende se candidatar à sucessão de Joseph Blatter na Fifa após o Mundial no Brasil e vai ativar sua campanha tão logo termine a Copa da África do Sul.

SILVIO BARSETTI

FALSIFICAÇÕES

Fifa rejeita culpa por ingressos

O jornal sul-africano Sunday Times publicou reportagem estimando em cerca de 6,5 milhões de rands (R$ 1,5 milhão) os prejuízos com ingressos falsos na Copa. A Fifa eximiu-se de qualquer responsabilidade. "Não podemos comentar compras de ingressos fora dos canais da Fifa", afirmou o porta-voz Nicolas Maingot. "Honestamente, perdi a conta de quantas vezes fizemos este alerta."

MAU PRESSÁGIO?

2010 já tem seu pé-frio: Jagger

Pelé, ao que parece, já tem um oponente à altura quando o assunto é dar azar. O cantor Mick Jagger, líder dos Rolling Stones, apareceu publicamente em duas partidas até agora na Copa: na torcida dos EUA, quando o time foi eliminado por Gana, e até envergando um cachecol da Inglaterra, na goleada alemã por 4 a 1. Motivo de preocupação? A apresentadora Luciana Gimenez, que tem um filho com Jagger, afirmou que ele estará presente no Ellis Park para torcer pelo Brasil. Em caso de eliminação, já se sabe de quem é a culpa.

 

 

 

 

 

 

 

Em entrevista à TV Estadão, o ex-jogador Bebeto, campeão do mundo com a seleção de 1994, elogia o trabalho do amigo Dunga à frente da equipe que disputa a Copa. Bebeto diz que o nível da atual competição é baixo e o caminho para a seleção brasileira chegar ao pentacampeonato mundial é mais fácil.

 

Vídeo videoBebeto elogia a seleção brasileira

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.