Globo só poderá usar imagens da Record; ESPN mostra os Jogos em quatro canais

Troféu ostentado pela Record, a transmissão da Olimpíada da vez na TV aberta ficará pela primeira vez longe da Globo

CRISTINA PADIGLIONE/O Estado de S.Paulo,

25 de julho de 2012 | 03h03

SÃO PAULO - Troféu ostentado pela Record, a transmissão da Olimpíada da vez na TV aberta ficará pela primeira vez longe da Globo. Sem os direitos de exibir as competições, a emissora poderá mostrar imagens de curta edição em seus telejornais, desde que estampe na tela os créditos da Record.

Em abril, durante o lançamento da programação 2012, o diretor-geral da Rede Globo, Octávio Florisbal, disse que a emissora trataria o evento com "dignidade".

Até ontem, no entanto, a emissora ainda não havia definido como seria essa cobertura - se os medalhistas brasileiros e as competições mais emocionantes teriam direito a imagens ou apenas a "notas cobertas" (no jargão do telejornalismo, informações sem imagens) em seus noticiários, como aconteceu durante os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, no México, no ano passado, também exclusivos da Record na TV aberta.

A boa notícia da vez, para quem quiser fugir da Record, é que há outras opções de transmissão no Brasil - vá lá, quase todas pagas. SporTV e ESPN vão se multiplicar, cada um, em quatro canais (sem contar a duplicidade de alguns em HD e SD), para dar conta de todas as competições e horários alternativos, compactos de provas, comentários e análises. Bandsports também está no páreo nos Jogos como TV fechada.

Na esfera gratuita, há ainda a Record News, com o mesmo time da Record, e o portal Terra, dono dos direitos de transmissão pela web para 17 países, incluindo o Brasil, com 36 canais - 13 em HD. Com investimento em estúdios próprios em Londres, aplicativos para celulares e tablets, o Terra anuncia que toda a sua conta será paga por publicidade.

O portal também terá highlights em 3D, tecnologia que a Record promove para a TV nas cerimônias de abertura e encerramento. A emissora transmitirá ainda sessões em 3D nas salas de cinema da rede Cinépolis (em São Paulo, no Shopping JK, na zona sul.

Ame ou odeie. Com ou sem Globo, Galvão Bueno dará o ar da graça em Londres, todo santo dia, pelo SporTV, no Conexão SporTV. Embora tenha se queixado do baixo número de credenciais distribuído pela Record, o canal está bem calçado em Londres, onde acertou uma parceria de infraestrutura com a BBC.

Apesar de pertencer ao mesmo grupo da Globo, o SporTV não poderá ceder imagens à irmã aberta. Cena da Olimpíada, na Globo, só sob bênção da Record.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.