Gloria Stefan é dona minoritária de time de futebol americano

Cantora cubana é trunfo do Miami Dolphins para atrair público latino do sul da Flórida para a temporada da NFL

25 de junho de 2009 | 13h41

Longe dos shows, a cantora Gloria Stefan, juntamente com seu marido Emílio, resolveu investir no esporte, especificamente no Miami Dolphins, time de futebol americano, que disputa a NFL (principal liga da modalidade), ao comprar parte da franquia.

"Nós estamos muito contentes por fazer parte do time da nossa cidade", disse a cantora, em entrevista coletiva com o dono majoritário da franquia de Miami, Stephen Ross.

A entrada de Gloria Stefan como dona minoritária do Miami Dolphins servirá para impulsionar as vendas de carnês para as próximas temporadas, tendo como alvo o público latino. "Não existe na América uma comunidade tão diversificada como a que existe no sul da Flórida. Nós queremos que a equipe seja parte disso e a entrada [de Gloria Stefan] reflete nosso desejo", completou Ross.

Depois de temporadas ruins e públicos abaixo da média da NFL, o Miami Dolphins venceu a Divisão Leste da Liga Americana e disputou os playoffs, perdendo para o Baltimore Ravens.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.