Twitter / @goiasoficial
Twitter / @goiasoficial

Goiás fecha acordo com elenco para redução salarial dos vencimentos de maio

Corte no mês de abril foi de quase 50%; em maio será descontado 40% dos salários dos atletas

Redação, Estadao Conteudo

18 de maio de 2020 | 22h51

Visando manter o equilíbrio financeiro durante a pandemia do novo coronavírus, o Goiás costurou mais um acordo com seu elenco para uma redução salarial dos vencimentos do mês de maio. Diferente de outros clubes que fizeram acordos por três meses, o time goiano está negociando com seus jogadores mês a mês.

Em uma reunião online nesta segunda-feira ficou acordado que será descontado 40% dos salários dos jogadores no mês de maio. Em abril, o corte tinha sido um pouco maior, quase 50%. Segundo o acordo, parte do valor pode ser ressarcido assim que o futebol voltar.

Diferente dos jogadores, a comissão técnica aceitou os mesmos 50% neste mês de maio. Os acordos dos próximos meses ainda não foram alinhados. Caso os treinos voltem a acontecer em junho, a esperança é que não haja mais reduções. O Goiás já apresentou um protocolo de segurança contra o coronavírus para o governo estadual para poder voltar a treinar.

Todos os acordos, desde o mês de abril, estão sendo alinhados com o auxílio do Sindicato dos Atletas Profissionais do Estado de Goiás. A diretoria entende que desta forma não terá problemas futuros com cobranças judiciais. As medidas estão seguindo a Medida Provisória 936, do governo federal.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.