Gol contra Derruba o Cruzeiro

Em sua volta à Série A, o Figueirense venceu o Cruzeiro, um dos favoritos à conquista do título, por 1 a 0, ontem à tarde em Florianópolis. O gol aconteceu logo no início da etapa final, em um jogada confusa entre o goleiro Fábio e Marquinhos Paraná: a bola socada pelo goleiro bateu nas costas do lateral-direito e entrou.

Júlio Castro, O Estado de S.Paulo

23 de maio de 2011 | 00h00

"Começamos com o pé direito. Com essa garra, vamos seguir um caminho de sucesso no campeonato", declarou o meia Wellington Nem. A equipe catarinense viaja para enfrentar o São Paulo, sábado, às 21 horas. O Cruzeiro recebe o Palmeiras no domingo, às 16 horas.

A cautela caracterizou o primeiro tempo. O Figueirense iniciou com disposição e, como era esperado e incentivado pela torcida, agrediu o Cruzeiro, porém sem muita eficiência. O time mineiro demorou para tocar na bola e quando chegou, assustou o goleiro Wilson com uma bela intervenção aos quatro minutos na cobrança de falta de Roger. Também foi do Cruzeiro a outra grande chance, com Thiago Ribeiro, que fez Wilson brilhar.

Ao contrário da etapa inicial, o segundo tempo foi dinâmico. O Figueirense voltou revigorado e nos primeiros dois minutos encurralou o Cruzeiro em sua defesa. E foi após a terceira cobrança sucessiva de escanteio que o Alvinegro abriu o placar. Wellington Nem fez a cobrança, o goleiro Fábio socou a bola contra o lateral Marquinhos Paraná e ela foi parar no fundo da rede.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.