Golfe e fotografia viram livro

A mistura de duas paixões - o golfe e a fotografia - motivaram o italiano de Gênova, Angelo Torello, de 64 anos, a fazer um livro. "Os Campos de Golfe do Brasil", de 360 páginas, em português e inglês, trará 560 fotos que o autor levou 18 meses, até maio deste ano, para fazer. "Visitei o Brasil de ponta a ponta fotografando campos de golfe. Foi uma grande ilusão quando achei, inicialmente, que poderia concluir o trabalho em seis meses." O livro será lançado pela Casa Aquila Editora no fim de agosto.No levantamento, Ângelo Torello fotografou 64 campos de golfe no Brasil desde o público Kaiser Golf Center, no Aeroporto, em São Paulo, até o sofisticado empreendimento turístico Barra do Sauípe, na Bahia. Ângelo acha que a previsão da Confederação Brasileira de Golfe, de que o Brasil terá 100 campos ainda este ano é "um pouco exagerada", mas concorda que esse é um empreendimento esportivo e imobiliário que está crescendo no País, principalmente ligado a condomínios residenciais, que querem oferecer mais que piscina e churrasqueira, e a hotéis e resorts, nesse caso, um atrativo para turistas, especialmente norte-americanos e japoneses, fanáticos por golfe. "É um esporte em altíssima expansão, atraindo pessoas da classe média para cima e, principalmente, executivos de grandes empresas."Leia mais no Estadão

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.