AP Photo/Nam Y. Huh
AP Photo/Nam Y. Huh

Golfista Bart Bryant morre em acidente de carro aos 59 anos

Bryant, que foi três vezes campeão do PGA Tour, estava em veículo que foi atingido por um caminhão, na Flórida

Redação, O Estado de S.Paulo

02 de junho de 2022 | 15h20

O golfista americano Bart Bryant, que já derrotou Tiger Woods no circuito profissional, morreu vítima de um acidente de carro, aos 59 anos. Ele estava em um carro do tipo SUV, quando foi atingido por um caminhão, em Polk City, no estado da Flórida, nos Estados Unidos. Há relatos de que o veículo estava parado no trânsito antes de sofrer a colisão.

Além de Bart Bryant, sua mulher, Donna, estava no veículo e foi levada ao hospital com ferimentos leves. O golfista chegou a ser socorrido, mas não suportou os ferimentos e faleceu na terça-feira - a morte foi confirmada somente na noite de quarta.

Bryant foi três vezes campeão do PGA Tour, que prestou uma homenagem ao tenista. "O PGA TOUR está triste com a trágica morte de Bart Bryant e nossos corações estão com sua família e amigos durante este momento difícil. Os Bryants fazem parte da família PGA TOUR há mais de quatro décadas e somos gratos pelo impacto e pelo legado que ele deixou em nossa organização e em inúmeras comunidades. Bart fará muita falta", disse o comunicado, assinado pelo comissário Jay Monahan.

Além da mulher, Bryant deixa as filhas Kristen e Micelle e um enteado. O golfista havia perdido a sua primeira esposa, Cathy, vítima de um câncer no cérebro. Ela faleceu em 2017. Segundo o xerife, que cuida do caso, existe uma investigação. Quem dirigia o caminhão que colidiu com a SUV de Bryant era um jovem de 21 anos, de Clermont. Ele alegou não ter conseguido parar o veículo a tempo.

Bart Bryant viveu seu auge em 2005, quando venceu o astro Tiger Woods por seis tacadas para conquistar o Tour Championship. No ano anterior, foi campeão do Valero Texas Open. Em 2006, venceu o Prêmio Ben Hogan pela Golf Writers Association of America por permanecer na ativa apesar dos problemas físicos. Ele passou boa parte da carreira lutando contra lesões.

Tudo o que sabemos sobre:
golfe

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.