Gomes já percebe mudança no São Paulo

Ricardo Gomes está há cinco dias no São Paulo e já conseguiu diagnosticar o principal problema da equipe: falta de confiança. O treinador acredita que o elenco tricolor é bom, mas o time se intimida nos jogos assim que começa a sofrer uma pequena pressão. A fase está tão complicada que os jogadores pensam que tomarão gol logo na primeira oportunidade que o adversário tenha.A vitória por 2 a 0 diante do Náutico, sábado, foi o primeiro passo para recuperar o moral do time tricampeão brasileiro. E o treinador tenta também dar a sua contribuição para melhorar a confiança do time. Conversa bastante, lembra do potencial do time. Até aqui, deu certo."Tudo é uma história de confiança", afirma o comandante. "Não inventei nada ainda no São Paulo. Tudo foi baseado no que eles já haviam feito. Com o tempo, vai ter uma pequena mudança, Mas o mais importante não é a mudança tática, mas sim uma mudança de atitude dos jogadores."O técnico constatou a situação ao analisar os três últimos jogos do São Paulo antes do Náutico. "Nos primeiros contra-ataques, o time para em campo", explica. "Agora nós conseguimos fazer da nossa posse de bola uma posse de bola produtiva." Mesmo que os dois gols do jogo de sábado tenham surgido de bola parada, Ricardo Gomes gostou da produção ofensiva da equipe. "Criamos várias situações. O que os atacantes pediam? Que a bola chegasse na área. Agora chegam."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.