Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

Governo paga oito parcelas e quita bolsa-atleta de 2014

Atletas reclamaram de atraso no benefício que garante condições de treinamento para torneios

AE, Agência Estado

07 de fevereiro de 2014 | 20h16

BRASÍLIA - Depois de ouvir reclamações de atletas que se manifestaram principalmente pelas redes sociais nos últimos dias, o ministério do Esporte afirma que quitou nesta sexta-feira as oito parcelas restantes da Bolsa-Atleta referente aos pedidos feitos 2013. As mesmas deveriam ser pagas no decorrer do ano de 2014.

Ainda segundo a pasta, as outras quatro parcelas haviam sido depositadas nos últimos meses de setembro, dezembro e janeiro. No primeiro semestre do ano passado, o ministério havia quitado as bolsas referentes a 2012. Em nota, o governo federal exalta que, em 11 meses, quitou o pagamento das bolsas de dois anos.

"Com isso, está eliminada a defasagem de tempo entre resultados do atleta e pagamento do benefício", comemora o governo, que depositou a Bolsa-Atleta de 5.971 atletas, num total de R$ 62,8 milhões. Nesses 11 meses em que quitou 24 parcelas, o governo gastou 160,7 milhões.

De acordo com o ministério, ainda neste trimestre será informada a data de abertura de novas inscrições para modalidades olímpicas e paraolímpicas, para o exercício de 2014, com resultado esportivo de 2013.

Tudo o que sabemos sobre:
Bolsa-AtletaGoverno FederalRio 2016

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.