Governo vai bancar Vila Olímpica para Jogos de Londres

O governo britânico anunciou nesta quarta-feira que vai bancar a construção da Vila Olímpica para os Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, por causa da dificuldade enfrentada em arrumar financiadores na iniciativa privada.

AE-AP, Agencia Estado

13 de maio de 2009 | 10h37

Para isso, foi realocado um valor de 324 milhões de libras (cerca de R$ 1 bilhão) do orçamento total dos Jogos. O custo da Vila está estimado em 1 bilhão de libras (cerca de R$ 3,15 bilhões), e as unidades habitacionais serão colocadas à venda após os Jogos, com o objetivo de recuperar o dinheiro investido e "providenciar novos lares para os moradores londrinos", segundo nota do site oficial dos Jogos.

"Depois de uma profunda investigação, vimos que investir agora na Vila Olímpica vai servir para economizar dinheiro público no longo prazo", afirmou a ministra especial dos Jogos, Tessa Jowell. Os organizadores informaram que vão continuar buscando financiamento privado para a etapa final das obras, e alegam que a crise financeira mundial afastou os investidores e jogou para baixo as ofertas.

Tudo o que sabemos sobre:
Olimpíada de Londresobrasorçamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.