GP2 dá a largada hoje com três brasileiros

Categoria é o principal acesso à F-1; até agora, todos os campeões subiram de ''divisão''

Livio Oricchio, Barcelona, O Estadao de S.Paulo

25 de abril de 2008 | 00h00

O estímulo é tentador: os três campeões da GP2 assinaram ótimos contratos com boas equipes da Fórmula 1. Pois é esse campeonato que começa hoje no Circuito da Catalunha, em Barcelona, com a realização de um treino livre e um classificatório para o grid. Os pilotos que muito possivelmente representarão o Brasil na Fórmula 1 nas próximas temporadas estão na GP2: Bruno Senna, candidato ao título, na equipe ISport; Alberto Valério, na Durango; e Diego Nunes, na DPR.Nico Rosberg foi o primeiro campeão da GP2, em 2005. No ano seguinte estreou na Williams. Na temporada de 2006, foi a vez de Lewis Hamilton, piloto da McLaren em 2007. Ano passado o alemão Timo Glock conquistou o título e hoje está acelerando um carro da Toyota. ''Esse é meu objetivo, vencer. Mas, se estiver entre os três melhores, diante da mudança dos carros, este ano, e as equipes começarem do zero, será um bom resultado'', avalia Bruno Senna, paulista de 24 anos. ''Eu irei me cobrar ainda mais.''Bruno acabou em oitavo ano passado, pela Arden, e ganhou exatamente a etapa de Barcelona. ''Minha meta é, sim, a Fórmula 1 na próxima temporada'', diz o sobrinho de Ayrton Senna.Alberto Valério disputou quatro anos de Fórmula 3 e estréia na GP2. Mineiro, 22 anos, fala de seu projeto: ''Vim aprender, preciso desenvolver o carro com minha equipe, que ainda não está no nível das melhores.'' Seu objetivo inicial é ocupar posições intermediárias no grid. ''Se der top 10 será ótimo.''Diego Nunes, paulista de 21 anos, é egresso da Fórmula 3 também. Como Bruno e Valério, disputou a série asiática da GP2 este ano para ganhar experiência. ''Tudo é novo para mim, como corrida longa, pit stop'', diz. Mas já na etapa do Bahrein do campeonato asiático, Diego andou próximos dos primeiros colocados. ''No último treino melhoramos bem o carro. Meus planos são disputar um bom campeonato para conseguir uma vaga numa equipe melhor ano que vem e em 2010 chegar à Fórmula 1.''A primeira corrida da GP2 será amanhã, às 11 horas (de Brasília). Domingo, às 5h30, os pilotos disputam uma segunda prova. Ambas terão transmissão ao vivo pelo SporTV. O franco-suíço Romain Grosjean, da ART Grand Prix, é apontado como favorito ao título.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.