Graciele Hermann atinge índice olímpico nos 50m livre

A jovem Graciele Hermann voltou a mostrar nesta quinta-feira por que é uma das maiores esperanças da natação brasileira. A nadadora de apenas 19 anos conquistou o índice olímpico nos 50 metros livre no Campeonato Brasileiro Sênior, com o tempo de 25s12, nesta tarde, no Parque Aquático Maria Lenk, no Rio. A marca fica abaixo dos 25s20 exigidos pela Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA).

AE, Agência Estado

15 de dezembro de 2011 | 19h35

Há duas semanas, a atleta do Grêmio Náutico União (RS) havia obtido o título do Campeonato Brasileiro Júnior, com o tempo de 25s33, novo recorde da competição. A marca que ela obteve no Rio, porém, ainda a deixa longe das atletas mais rápidas no mundo. Ela deverá assumir o 52.º lugar no ranking 2011 da Fina (Federação Internacional de Natação).

O curioso é que Graciele não se sagrou campeã brasileira nesta tarde, apesar de ter feito o melhor tempo no Maria Lenk. Isso porque ela tem apenas 19 anos, menos do que os 20 exigidos para competir no Brasileiro Sênior. A segunda mais rápida, Alessandra Marchioro, do Curitibano, vive a mesma condição. O título, assim, ficou com a veterana Flávia Delaroli, de 31 anos, que obteve o terceiro melhor tempo do dia.

Este foi o segundo índice olímpico obtido no Campeonato Brasileiro. Na quarta-feira, Henrique Barbosa garantiu classificação nos 200 metros peito. Pela manhã, no Torneio Open de Natação (do qual participam os oito melhores tempos do Brasileiro Absoluto), Nicolas Oliveira também carimbou o passaporte, nos 100 metros livre. Ao todo já são 17 vagas brasileiras em Londres.

OUTROS RESULTADOS - Já garantido na Olimpíada, Cesar Cielo voltou a nadar abaixo do índice olímpico para vencer os 50 metros livre com o tempo de 21s97. Bruno Fratus foi o segundo colocado, com 22s16. Felipe França também não decepcionou e venceu com facilidade os 50 metros peito, prova não olímpica, com o tempo de 26s91. Já garantido em Londres, Leonardo de Deus foi o mais rápido nos 200 metros costas, com 1min59s03, acima do índice. No feminino da mesma prova, a vitória foi de Fernanda Alvarenga.

Então única brasileira garantida em Londres na natação, Daynara de Paula confirmou o favoritismo nos 100 metros borboleta e venceu com o tempo de 59s62, acima do índice. Ainda atrás da classificação e aproveitando a ausência de Kaio Márcio, que não participa da competição, Henrique Martins venceu os 100 metros borboleta no masculino, com 52s87, 54 centésimos acima do índice olímpico.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.