Grael e Scheidt destaques na Match Race

Iatistas medalhistas olímpicos e campeões mundiais, disputam, desta sexta-feira a domingo, no Yacht Club de Ilhabela, a segunda etapa do Match Race Brasil (barco contra barco). O primeiro dia terá 12 regatas, a partir das 10 horas. ?As regras são simples. É mano a mano, um contra o outro. É preciso atenção na largada e as manobras levam em consideração a marcação no adversário?, observa Torben Grael, campeão da primeira etapa, em Búzios, o velejador mais experiente do Brasil em match race (foi tático do barco italiano Prada na disputada da Louis Vuitton Cup, em Auckland, Nova Zelândia, em 2002). Os comandantes das tripulações foram divididos em chaves, para os confrontos desta sexta e sábado. No Grupo A estão Torben Grael, João Signorini, Gastão Brun e André Bochecha Fonseca; no B, Robert Scheidt, Alan Adler, Alex Welter e Marcos Soares. As regatas serão de cerca de 5.000 metros e, dependendo dos ventos, a previsão é que cada prova demore cerca de 25 minutos. Serão usados quatro veleiros Benneteau 40.7, de 13 metros, sete toneladas e três velas: Capim Canela, Asbar III, Odoyá e Alucinante, cedidos pela organização.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.