Grávida, Davenport não voltará a jogar depois de ser mãe

Um dia depois de ter sua gravidez noticiada pela imprensa norte-americana, a tenista norte-americana Lindsay Davenport anunciou que não pretende voltar a jogar depois que seu filho nascer. Aos 30 anos, ela diz que não gosta da palavra "aposentadoria", mas afirmou que teve uma temporada muito cansativa, por causa de uma contusão nas costas, e que não se sente mais com disposição para a rotina de jogos e torneios."Não posso falar ainda de tristeza ou de saudade do tênis, mas minha vida agora é com meu marido e com a criança que vai nascer", afirmou em entrevista à ESPN a agora ex-tenista. "Sinto-me como se a segunda parte de minha vida estivesse começando, e com muita sorte por tudo ter corrido bem até agora. O momento de parar não poderia ser melhor", prosseguiu.Davenport, que terminou 2006 no 25.º lugar do ranking da WTA, venceu 51 torneios, sendo 3 Grand Slams, desde que iniciou a carreira profissional, em 1993, o que a torna a nona maior vencedora de todos os tempos. Ela acumulou US$ 21,7 milhões (cerca de R$ 45 milhões) em prêmios e terminou quatro anos em primeiro lugar no ranking mundial: 1998, 2001, 2004 e 2005.A capitã da equipe norte-americana na Fed Cup, Zina Garrison, felicitou a jogadora e disse que ela não vai se arrepender da decisão. "Ela é muito focada na família e pode dizer adeus sabendo que sempre fez o melhor que pôde", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.