Greg Emslie faz melhor apresentação em Florianópolis

O sul-africano Greg Emslie mostrou nesta quinta-feira que está em excelente forma. Em sua primeira participação no Mormaii Costão Pro, evento seis estrelas do World Qualifying Series (WQS), a divisão de acesso do circuito mundial de surfe, na Praia do Santinho, em Florianópolis, o atleta não só conseguiu a maior nota de onda de toda a competição, 9,60, como a melhor média do evento, 18,87.Como cabeça-de-chave, Emslie fez sua primeira apresentação apenas na terceira fase. A bateria do sul-africano também marcou a classificação do único paulista já na quarta fase, Gilmar Silva (15,67). Hizunome Bettero não conseguiu ir adiante, mas Odirlei Coutinho ainda tem chance. Disputa uma das últimas baterias da terceira fase na manhã desta sexta-feira.Os brasileiros não fizeram feio, em especial o gaúcho Rodrigo Dornelles, que este ano encontrará Emslie no World Championship Tour (WCT), a divisão de elite do surfe. O atleta obteve a maior nota de onda do dia entre os brasileiros, 9,33. A maior média foi do catarinense Marco Polo, 16,17, ainda nas últimas baterias da segunda fase, disputadas pela manhã.Depois de disputar o WCT em 2001 e 2002, Dornelles volta em 2007 à elite do surfe e acredita que poderá se superar a partir da experiência adquirida nos últimos anos. ?Hoje acho que sou capaz de entrar mais calmo nas baterias e acreditar no meu surfe?, disse o gaúcho, que espera fazer uma boa estréia em Bells, Austrália, primeira etapa do Mundial. ?As ondas de lá se encaixam bem no meu estilo de surfar. Vou para lá uma semana antes só para treinar.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.