AO VIVO

Confira tudo sobre a Copa do Mundo da Rússia 24 horas por dia

Gregos pedem desculpas aos brasileiros

Enquanto os componentes do Comitê Organizador dos Jogos de Atenas (Athoc) dão pouca atenção ao ataque sofrido por Vanderlei Cordeiro de Lima, o povo grego, sim, trata de fazer o papel diplomático com os brasileiros. Desde o fim da prova da maratona, na noite de domingo, inúmeras pessoas vêm pedindos desculpas aos turistas, atletas e jornalistas brasileiros em Atenas, de forma bastante simpática. Uma equipe da TV Bandeirantes, por exemplo, não precisou pagar uma corrida de táxi. O brinde foi dado pelo motorista como consolo pela perda do ouro na maratona. "Para nós, a maratona foi vencida pelo Brasil", disse uma voluntária dos Jogos ao cruzar com um grupo de brasileiros. Os jornais e as emissoras de televisão da Grécia seguem dando grande destaque ao evento, que seguramente ficará marcado para toda a história dos Jogos Olímpicos. A entrevista de Vanderlei na Casa Brasil, nesta segunda-feira, não atraiu apenas repórteres do País sul-americano, mas também profissionais da imprensa internacional. "Recebemos, na Vila Olímpica, o apoio de 12 chefes de missão", relatou Marcus Vinícius Freire, chefe da missão brasileira. O atleta paranaense, depois da conquista do bronze, da premiação, do assédio da imprensa e do exame antidoping, só chegou à Vila na madrugada desta segunda-feira. Não teve tempo de comemorar nem de conversar com a família. E dormiu pouco. Acordou relativamente cedo para atender à imprensa, contou a façanha para os parentes, por telefone, e, à tarde, foi à região central de Atenas para fazer compras. "Preciso levar umas lembrancinhas." Ainda recebeu o apoio e os parabéns de esportistas de todo o mundo. Herói - Vanderlei embarca nesta terça-feira rumo ao Brasil, onde deverá chegar na manhã de quarta-feira. No fim do ano, durante o Prêmio Brasil Olímpico, troféu dado aos melhores da temporada, o maratonista receberá, do COB, o título de herói olímpico.

Agencia Estado,

30 Agosto 2004 | 16h22

Mais conteúdo sobre:
olimpíada 2004 olimpíada

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.