Grêmio espera anunciar Ronaldinho no sábado, dia 1º

Vice-presidente diz que o jogador deseja voltar ao Brasil e o clube monta ''engenharia para fechar a complexa operação''

, O Estado de S.Paulo

28 de dezembro de 2010 | 00h00

O Grêmio quer anunciar oficialmente a contratação de Ronaldinho Gaúcho no primeiro dia de 2011. Essa é a expectativa no clube, conforme revelou ontem o vice-presidente de futebol, Antônio Vicente Martins. Ele disse que o Tricolor trabalha em duas frentes para fechar o negócio nas próximas horas - internamente, montando uma "engenharia para a complexidade da operação" e com a participação do irmão de Ronaldinho, Roberto Assis, que tinha reunião marcada para ontem com o vice-presidente do Milan, Adriano Galliani, que passa férias no Rio.

"Temos ainda alguns passos a dar para poder contar com o jogador", disse Vicente Martins em entrevista à Rádio Gaúcha. "Está tudo alinhavado."

De acordo com o dirigente gremista, a vontade de Ronaldinho de voltar a jogar no clube tem contribuído nas negociações. Ele também destacou que o Milan deve facilitar o acordo por causa da pouca disposição do técnico Massimiliano Allegri em aproveitar o atleta.

"O próprio Milan já sabe que o Ronaldinho não pretende dar continuidade ao trabalho em Milão, mas tudo isso envolve uma série de interesses."

À espera da definição do caso, Ronaldinho chegou ontem em Dubai, onde o Milan treina até 3 de janeiro, preparando-se para o reinício do Campeonato Italiano, marcado para o dia 6. Ele viajou de São Paulo para os Emirados Árabes em companhia de Alexandre Pato e Thiago Silva. Robinho perdeu o voo.

Numa entrevista publicada ontem no jornal italiano Corriere della Sera, o ex-técnico do Milan, Carlo Ancelotti, disse que as condições físicas de Ronaldinho são ruins e comentou que não via com surpresa a queda de rendimento do atleta nos últimos meses. Ancelotti fez, porém, uma ressalva - a de que o jogador é muito talentoso.

Na tarde de domingo, durante evento festivo realizado no Engenhão, no Rio, o técnico do Grêmio, Renato Gaúcho, praticamente garantiu a contratação de Ronaldinho. Falou abertamente sobre o tema antes de um jogo beneficente que reuniu ex-craques, como Romário e Zico.

Renato Gaúcho declarou que Ronaldinho vai se encaixar muito bem no time que tentará em 2011 o título da Taça Libertadores. Fez uma série de elogios ao jogador e lamentou que ele não tenha sido convocado para a Copa do Mundo da África do Sul.

Ronaldinho atuou no Grêmio entre 1998 e 2001 e despontou para a seleção brasileira em 1999, durante Copa América disputada no Paraguai. Na competição, deslumbrou o mundo do futebol ao marcar um belo gol em jogo contra a Venezuela, em que deu um chapéu num adversário antes de concluir para o gol.

Na conquista da Copa de 2002, na Ásia, foi um dos melhores do Brasil e se destacou por marcar um gol de falta em jogo contra a Inglaterra.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.