Grêmio manda Perea voltar e frustra Palmeiras

Faltava apenas o exame cardiológico para Perea ser anunciado como o mais novo atacante do Palmeiras. O acerto com o Grêmio, no entanto, não deu certo e o time gaúcho mandou o atleta voltar para Porto Alegre ontem mesmo. "A princípio tudo caminhava bem, mas a negociação não evoluiu", reconheceu Toninho Cecílio, gerente de futebol palmeirense.O jogador colombiano de 25 anos chegaria ao Palmeiras em troca de uma dívida antiga do Grêmio, que giraria em torno de R$ 8 milhões (por causa da transferência de Paulo Nunes para o Estádio Olímpico, em 2000). "O Palmeiras não queria comprometer toda sua dívida com a vinda do Perea", disse Toninho, explicando que o clube buscava ainda uma compensação financeira além da contratação do atacante. Perea chegou a realizar alguns exames físicos na segunda-feira e estava empolgado com a negociação. "Agora ele está decepcionado com o futebol brasileiro", disse seu empresário, Jorge Machado. "Podemos ter surpresas e ele aparecer no clube do lado", afirmou, lembrando que o São Paulo também fez uma proposta pelo jogador. "A negociação está entregue ao departamento jurídico do Grêmio."

Daniel Akstein Batista, O Estadao de S.Paulo

20 de maio de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.