Grêmio obtém empate contra surpreendente Caracas: 1 a 1

O Grêmio temeu pelo pior, mas teve forças para se recuperar e conseguiu arrancar um empate por 1 a 1 frente ao Caracas, ontem, no Estádio Olímpico da capital venezuelana, na partida de ida pelas quartas de final da Taça Libertadores. A equipe gaúcha manteve a invencibilidade na competição continental e vai decidir a vaga na próxima fase no dia 17, em Porto Alegre. Fotos, gols e mais dos times no canal especial da Copa Libertadores 2009O Caracas pregou um baita susto no Grêmio logo aos 2 minutos de jogo. Em lance de bola parada, o zagueiro Alejandro Cichero subiu perto da pequena área e escorou de cabeça para as redes, abrindo o placar. Assustado, o time gaúcho ainda suportou a pressão dos venezuelanos e fechou o primeiro tempo em desvantagem.No intervalo, o técnico Paulo Autuori acalmou os jogadores, corrigiu os defeitos apresentados e o time voltou completamente diferente para a etapa final. Tomou conta da partida. E insistiu até chegar ao empate.O gol gremista amadurecia a cada lance. Aos 27 minutos, Souza acertou a trave esquerda da baliza venezuelana. Em seguida, o lateral Fábio Santos apareceu livre para fazer de cabeça. Com 1 a 1 no placar, o Grêmio seguiu à vontade em campo. Manteve a posse de bola e fechou o jogo sem sobressaltos.Agora, para avançar às semifinais o time gaúcho poderá até empatar sem gols, na partida de volta, em Porto Alegre, fazendo valer o favoritismo.

, O Estadao de S.Paulo

28 de maio de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.