Grêmio se salva no fim. Botafogo leva o castigo

Gaúchos empatam com Náutico e Vasco iguala clássico

O Estadao de S.Paulo

25 de agosto de 2008 | 00h00

Líder do Campeonato Brasileiro, o Grêmio arrancou um empate sofrido no Recife, ontem à noite, por 1 a 1, com o Náutico, mantendo a vantagem de cinco pontos que o separa do segundo colocado, agora o Palmeiras. Paulo Santos abriu a contagem para os pernambucanos aos 11 e Réver salvou o Grêmio (45 pontos) aos 48 minutos do segundo tempo. O Náutico (22) segue na zona de rebaixamento.A equipe gaúcha começou o jogo com a postura de líder, adiantando a marcação. Mas, sem criatividade ofensiva, o Grêmio limitou-se a colocar bolas altas na área, sem ameaçar. O Náutico arriscou mais no final do primeiro tempo. E teve uma grande chance aos 40 minutos, quando Victor saiu mal em um cruzamento, Kuki chutou para o gol e Pereira salvou.No início do segundo tempo, Victor salvou gol certo de Kuki. Mas, aos 12, Paulo Santos não perdeu, ao concluir cruzamento da direita: Náutico 1 a 0.Na base do desespero, o Grêmio empatou nos descontos, em uma confusão na área, por meio do zagueiro Réver. VASCO X BOTAFOGO O Botafogo por pouco não conseguiu a sétima vitória seguida no Brasileiro: só no final do jogo o Vasco arrancou um empate por 1 a 1, ontem à noite no Maracanã. O gol do Botafogo saiu aos 8 minutos do segundo tempo,quando Carlos Alberto chutou, o goleiro rebateu e Wellington Paulista aproveitou o rebote. No final do clássico, o Vasco foi todo para a frente e empatou com Madson desviando de cabeça uma bola alçada na área aos 44 minutos. O Botafogo tem agora 38 pontos e o Vasco, 26.Nos primeiros minutos do clássico as duas equipes alternaram poucos lances ofensivos. Aos 8 minutos, porém, houve uma jogada polêmica. Alan Kardec recebeu na área, livrou-se da marcação e chutou para as redes, mas o juiz marcou falta do atacante vascaíno.INTERNACIONAL X FLAMENGOO Internacional complicou sua situação no Campeonato Brasileiro depois do empate por 1 a 1 com o Flamengo, ontem à tarde no Beira-Rio, em Porto Alegre. Com o resultado, o time gaúcho passou a somar 30 pontos, seis atrás da equipe carioca, um adversário direto na luta por pelo menos uma vaga n a Taça Libertadores da América de 2009.No primeiro tempo, o Inter saiu na frente com o gol de Nilmar, aos 14 minutos, aproveitando falha do goleiro Bruno. No final da etapa,a zaga flamenguista salvou o segundo gol, tirando uma bola em cima da risca. No segundo tempo, o Flamengo reagiu e chegou ao empate aos 15 minutos: Juan cobrou falta da esquerda, o goleiro Clemer falhou na saída e Obina cabeceou a bola para o gol.ATLÉTICO-MG X ATLÉTICO-PRAs duas equipes precisavam da vitória para ficar mais longe da zona de descenso, mas quem tomou a iniciativa e mereceu golear por 4 a 0, ontem à noite no Mineirão, foi o Atlético-MG, que tem agora 28 pontos. O Atlético-PR permanece com 23.O primeiro gol saiu aos 25 minutos, com Serginho. Ele entrou driblando pelo meio, invadiu a área, fintou o goleiro Vinicius e conclui. Inapelável.O Atlético-PR tentou reagir e fez dois bons ataques, em bolas altas, com Pedro Oldoni e Antônio Carlos, mas eles erraram. Já a cabeçada de Lenílson foi certeira, aos 45 minutos. No segundo tempo, Marques, aos 10, e Luís Gustavo, aos 46, completaram a goleada: 4 a 0.IPATINGA X GOIÁSCom um gol de Ferreira, aos 12 minutos do segundo tempo, o Ipatinga venceu o Goiás por 1 a 0, em Ipatinga. Apesar do resultado positivo, a equipe mineira, que teve a estréia do técnico Márcio Bittencourt, continua em último lugar do Campeonato Brasileiro, agora com 20 pontos. O Goiás segue com 27.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.