Grêmio vence e tem melhor campanha da primeira fase

O Grêmio se aproveita da fragilidade de sua chave na Taça Libertadores e soma pontos para garantir vantagem nas próximas fases. Líder isolado do Grupo 7, o time gaúcho venceu ontem à noite o Universidad de Chile por 2 a 0 em Santiago e chegou a 13 pontos em cinco jogos. A vitória garantiu a classificação ao time gremista, que recebe o colombiano Boyacá Chicó na última rodada.Mesmo sem um substituto para o técnico Celso Roth, a equipe gremista mostrou personalidade para buscar a vitória em pleno Estádio Nacional, quase lotado. A torcida local tentou fazer pressão, mas o time da casa parou na boa defesa gaúcha. No banco, o time foi comandado pelo interino Marcelo Rospide. O jogo foi bem diferente do primeiro duelo, em que o Grêmio perdeu muitas chances no empate sem gols em Porto Alegre: nas poucas oportunidades que criou, o time brasileiro conseguiu garantir o resultado.Abriu o placar no primeiro tempo com o zagueiro Léo, de cabeça. Na etapa final, o atacante Máxi López, que tem caído nas graças da torcida, fechou o placar após lançamento de Souza.Com a boa vitória, o time gaúcho é o que somou mais pontos até agora e briga pela melhor campanha na primeira fase. Se conseguir, terá direito de jogar todas as partidas de volta em seu estádio. O principal concorrente é o Boca Juniors, da Argentina, que venceu todos os seus jogos até o momento. Em um grupo fraco, soma 12 pontos em quatro partidas. Logo atrás, vêm o paraguaio Libertad (12 pontos em 5 jogos) e o Nacional, do Uruguai (dez pontos em quatro partidas).Para o comando da equipe, é esperada a chegada do técnico Paulo Autuori, que tem contrato com o Al-Rayyan, do Qatar até o fim de maio. A diretoria gremista cogita manter o assistente de Autuori, Renê Weber, no cargo até sua chegada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.