Grizante lidera Volta de São Paulo

Os velocistas deram as caras neste domingo, no primeiro dia da Volta de São Paulo, uma das principais provas do ciclismo de estrada do calendário nacional. Pela manhã, no prólogo de 16 quilômetros na Cidade Universitária, o paranaense Nilceu Santos, de 27 anos, explodiu no sprint dos 400 metros finais e deixou os 129 concorrentes para trás. À tarde foi a vez do líder do ranking nacional, o paulista André Grizante, de 29 anos, mostrar sua força. Numa chegada sob chuva, Grizante foi o primeiro a completar os 88,5 quilômetros entre São Paulo e São José dos Campos, em 1h59min52, na primeira etapa de estrada da Volta, que tem 1.409 quilômetros e vai até domingo.Com a vitória em São José, Grizante assumiu a liderança da classificação geral e larga hoje, às 7 horas, rumo a Atibaia, com a camiseta amarela que identifica o líder. Serão 108,7 quilômetros com chegada prevista para as 9h20. Para ser o primeiro, o atleta da equipe Extra/Caloi, de Suzano, teve de superar um susto. No prólogo, quando se preparava para disputar o sprint, sofreu pequeno acidente a 300 metros da linha de chegada. "O pneu estourou quando o André ficou encaixotado e acabou em contato com a borda do meio-fio", diz o técnico do time, Mauro Ribeiro.Depois, na etapa de estrada, Grizante tirou o atraso e se beneficiou porque o campeão do prólogo, Nilceu Santos, não chegou com o pelotão principal. Atrás do paulista chegaram o uruguaio Milton Wynants, da Alas Rojas, seguido pelo argentino Rodrigo Mendieta, da seleção do ABC paulista. Na classificação, Grizante tem 2h19min55. Em 2.º está Mendieta (2h19min56) e em 3.º, Wynants (2h19min57).Pela manhã, no prólogo, valeu a eficácia da equipe Scott/Fadenp/Marcondes César e a explosão muscular de Nilceu, que no último dia 9 já vencera a Copa América, no Autódromo de Interlagos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.