Guarani e Botafogo correm atrás da reabilitação, no Rio

As duas equipes foram derrotadas no meio de semana na volta da competição depois da Copa do Mundo

, O Estado de S.Paulo

18 de julho de 2010 | 00h00

Dispostos a passar uma borracha no jogo que marcou a volta de ambos após a parada da Copa do Mundo, Guarani e Botafogo se enfrentam hoje, às 18h30, no Engenhão, no Rio. O time de Campinas tenta esquecer a derrota em casa para o Inter por 3 a 0, enquanto o Botafogo quer apagar o resultado negativo no clássico contra o Flamengo (1 a 0).

Apesar do péssimo resultado em casa, o Guarani conseguiu manter-se na parte de cima da classificação, com 12 pontos. O técnico Vágner Mancini pretende manter a base do jogo passado. A única novidade será a estreia do lateral-esquerdo Fabiano, ex-São Paulo e Palmeiras. Ele fica com a vaga de Márcio Careca, suspenso. O Botafogo, que não vence há cinco partidas, tenta recuperar a tranquilidade. O técnico Joel Santana não esconde a ansiedade. "Temos de reencontrar logo a vitória. A água já está batendo nos pés. Se bobearmos, ela sobe para os joelhos e uma hora nos afoga", brincou.

Já o Flamengo quer agora embalar no Brasileiro. Hoje, às 16 horas, enfrenta o Atlético-GO, no Serra Dourada, e tenta afastar o fantasma do caso do goleiro Bruno, preso sob acusação de participar do desaparecimento da sua ex-amante Eliza Samudio. No Atlético-GO, o técnico Roberto Fernandes não poderá contar com o zagueiro Jairo e o atacante Marcão, suspensos.

O Internacional terá hoje, às 16 horas, a difícil missão de fazer gols no invicto Ceará, equipe com a melhor defesa da competição - sofreu apenas um gol, de pênalti. No Beira-Rio, a equipe cearense terá a volta do zagueiro Anderson e do volante Heleno.

O Grêmio Prudente recebe o Grêmio, às 18h30, no Prudentão, querendo manter sua invencibilidade em jogos como mandante. Os gaúchos estão pressionados pela campanha irregular.

O Cruzeiro busca um lugar no G-4. Hoje, às 18h30, em Sete Lagoas (MG), os mineiros recebem o Goiás, que terá dois desfalques: Hugo e Bernardo. Entram Otacílio Neto e Romerito.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.