Guarani luta para ficar entre os grandes

O embalado time de Campinas visita o ameaçado Guaratinguetá em busca da sexta vitória consecutiva no Estadual

VALÉRIA ZUKERAN, O Estado de S.Paulo

26 de fevereiro de 2012 | 03h03

O Guarani tem um verdadeiro desafio neste domingo, às 16 horas, contra o Guaratinguetá, na casa do adversário. Desfalcado de um de seus principais destaques na competição, o zagueiro Domingos, suspenso, a missão é conquistar a sexta vitória consecutiva que pode manter o time no grupo dos quatro melhores da competição. Antes do início da rodada, ontem, o time campineiro, com 22 pontos, estava na vice-liderança do Campeonato Paulista, apenas um ponto atrás do Corinthians.

O técnico do Guarani, Oswaldo Alvarez, não ficou muito feliz com o terceiro cartão amarelo recebido por Domingos por cera. Para o treinador era uma punição evitável do autor de um dos gols da vitória da equipe sobre o XV de Piracicaba por 2 a 0 na última rodada. Sorte de André Leone que havia perdido espaço para Neto na defesa. O jogador ganha nova oportunidade de mostrar serviço e voltar ao time titular bugrino.

A princípio, o Guaratinguetá, com seis pontos ganhos, não deveria ser considerado um time perigoso com duas vitórias e sete derrotas em nove jogos. Mas o adversário vem subindo de produção. Deu trabalho ao Palmeiras na derrota por 3 a 2 em casa e ganhou da Catanduvense fora por 3 a 1. Outra preocupação de Vadão é com o gramado, considerado um dos piores do Campeonato Paulista. O problema sempre aumenta o risco de contusões, inoportunas para um time que está tão embalado. Apesar da boa fase, que inclui 100% de aproveitamento dos pontos em casa, técnico e jogadores mantém o discurso de que o mais importante é a classificação para as quartas de final.

Outro time em boa fase no Campeonato Paulista é o Mogi Mirim que pega o Oeste, em Itápolis, às 18h30. O time, com 16 pontos, vem de uma vitória sobre o São Caetano em casa por 1 a 0 e começou a rodada no grupo dos oito melhores. O adversário, com 8 pontos na tabela, precisa de uma vitória ou pode correr o risco de frequentar em breve a zona do rebaixamento.

Lanternas. O confronto entre XV de Piracicaba e Ituano promete emoções. Os dois times estão com cinco pontos e o de Itu, que joga fora de casa, está na lanterna pelos critérios de desempate após a derrota para a Ponte Preta por 1 a 0, em Campinas.

Em situação bem menos crítica estão os protagonistas dos outros dois confrontos que fecham a rodada. O Comercial (7 pontos) joga contra o Mirassol (10 pontos) em Ribeirão Preto e a Catanduvense (7 pontos) enfrenta o Bragantino (12 pontos) em Catanduva.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.