Guarani perde invencibilidade em casa diante do Paraná

O Guarani não conseguiu acabar com a maldição da 12ª rodada da Série B do Brasileiro iniciada pelo Corinthians no ano passado: perdeu pela primeira vez na competição na tarde de ontem para o irregular Paraná por 2 a 1, no Brinco de Ouro, e assim não bateu o recorde de invencibilidade de 11 partidas estabelecido pelo Corinthians em 2008. Os gols do time paranaense foram marcados por Davi e Alex Alonso. O zagueiro Márcio Alemão descontou para a equipe de Campinas.Além do número igual de 11 jogos sem perder, mais uma coincidência liga a maldição da 12ª rodada do Corinthians à do Guarani: tanto o clube campineiro quanto o time do Parque São Jorge eram os líderes da competição com a mesma pontuação quando perderam a invencibilidade: 27 pontos. Mais: o Corinthians sofreu seu primeiro revés no campeonato passado em casa, com uma derrota por 1 a 0 para o Bahia, no Pacaembu. Ontem, foi a vez de o Guarani perder pela primeira vez, também em casa. OUTROS JOGOSAinda pela 12ª rodada, destaque para a vitória, no Serra Dourada, do Atlético-GO por 3 a 1 sobre o Fortaleza. Agora o time goiano é o vice-líder com 23 pontos, apenas quatro a menos que o líder Guarani. Outro resultado importante foi a goleada por 4 a 0 aplicada pelo São Caetano sobre o Duque de Caxias. O resultado tirou a equipe paulista da zona do rebaixamento. Artur, Vandinho, Éverton Ribeiro e Xuxa foram os artilheiros. Já a Ponte Preta apenas empatou fora de casa por 1 a 1 com o Bragantino e, embora tenha permanecido entre os quatro melhores colocados da Série - é 4º, com 21 pontos -, perdeu boa chance de se aproximar do líder. Marcão fez para o Bragantino e Evando empatou. Em Natal, o Juventude surpreendeu o América com gols de Mendes, no fim, para um importante triunfo, por 2 a 0, no Machadão.Jogando fora de casa, o Bahia conseguiu a quarta vitória ao bater o lanterninha Campinense por 2 a 1 , com gols de Reinaldo Alagoano e Marcos. Anderson Oliveira descontou para time paraibano. O resultado deverá acalmar a torcida baiana, que desde o início da semana passada faz agressiva campanha pela internet para que o jogo contra o Vasco, no dia 25, no Pituaçu, não tenha um único torcedor. O lema é "público zero".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.