Guardiola exige vitória do Barça na semi

Num momento em que o Real Madrid tem sete pontos de vantagem no Campeonato Espanhol e as críticas ao rendimento da equipe ganham força, o Barcelona tenta fazer jus ao posto de melhor time do mundo hoje, contra o Valencia, no jogo de volta da semifinal da Copa do Rei.

O Estado de S.Paulo

08 de fevereiro de 2012 | 03h07

Depois do 1 a 1 na primeira partida, um empate sem gols no Camp Nou será suficiente para o Barça avançar. Mas para o time catalão não basta. Os comandados de Pep Guardiola têm de voltar a mostrar o futebol vistoso que faltou nos últimos jogos para acabar com as críticas. "Tenho certeza de que só nos classificaremos se ganharmos o jogo. E para isso teremos de jogar bem."

Apesar do favoritismo, Guardiola prevê um jogo duro. "Acredito que a partida vai ser resolvida no final, e por isso peço ao jogadores que fiquem atentos até o fim. Não espero que o jogo seja resolvido em 20 minutos."

Guardiola fez mistério sobre a escalação: jogadores como Iniesta, Busquets, Pedro e Alexis Sanchez estão voltando de contusão. "Amanhã será uma partida para homens de verdade, por isso vou esperar mais para decidir quem começará jogando."

Quem tem menos chance de entrar em campo é Busquets, que levou 15 pontos abaixo do joelho direito por causa de um pisão recebido durante o jogo de sábado contra a Real Sociedad. Xavi, poupado das duas últimas partidas, voltará ao meio campo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.