Guerrero e Sheik juntos no clássico contra o Santos

O clássico contra o Santos, sábado, servirá para o técnico Tite afinar o entrosamento entre dois jogadores considerados chave para a disputa do Mundial: Emerson e Guerrero. Pela primeira vez eles vão atuar juntos começando uma partida. A dupla atuou no time titular do treino coletivo ontem à tarde no CT.

O Estado de S.Paulo

22 de novembro de 2012 | 02h06

Como eram vários os desfalques de meio de campo e defesa, Tite pelo menos pôde aproveitar a chance de testar essa parceria dentro de campo.

Guerrero atuou de pivô, como sempre, e Emerson, jogou mais aberto pelo lado esquerdo - contra o Internacional, Sheik entrou no segundo tempo, pouco antes de Guerrero sair do time. O outro atacante foi Romarinho.

Emerson entrou no time no lugar de Douglas, suspenso, e Wallace ficou com o lugar de Chicão, outro punido. Tite não sabe se poderá contar com os atletas que atuariam no Superclássico, casos de Fábio Santos, Ralf, Paulinho e Martínez. /VÍTOR MARQUES

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.