Guga é convidado para disputar o Torneio de Viña del Mar

Gustavo Kuerten ganhou uma "forcinha" para tentar voltar ao topo do tênis mundial: ele recebeu um convite dos organizadores do ATP Tour de Viña del Mar, no Chile, e poderá participar do torneio, que terá 24 tenistas e será disputado de 29 de janeiro a 4 de fevereiro, no novo sistema de round robin, em que cada tenista fará no mínimo dois jogos - o vencedor de cada um dos oito grupos de três vai às quartas-de-final.?Para mim, é uma oportunidade muito boa de disputar um torneio grande e tentar fazer uns pontos no ranking. Sei que o torneio vai ser duro, mas acho que vou ter tempo suficiente para me preparar no saibro,? afirmou Guga, grato pelo apoio dos chilenos - como é hoje o 1.078.º do ranking mundial, ele depende de convites para disputar torneios da série ATP Tour. "O pessoal foi muito solícito comigo, é um lugar em que me sinto bem, gosto de jogar e na única vez em que competi fui à final", lembrou, citando o torneio de 2004, quando foi derrotado pelo local Fernando Gonzalez na decisão.Guga tem boas lembranças do Chile: além dessa decisão em Viña del Mar, foi campeão em Santiago, em 2000, em simples e duplas, ao lado de Antonio Prieto. Ele também já confirmou sua presença no Brasil Open, de 12 a 18 de fevereiro, na Costa do Sauípe - torneio que venceu em 2002 e 2004.Foi no Sauípe que Guga fez sua única partida de ATP Tour neste ano: perdeu na estréia, para o brasileiro André Ghem. Depois, só voltou a jogar em partidas da Davis, de duplas, e pela Copa Petrobras, série de challengers na América do Sul - jogou em Assunção, perdendo na estréia para o austríaco Rainer Eitzinger, e no Rio, na Copa dos Campeões, com derrotas para Younes El Anaoui e Diego Hartfield e vitória sobre Flávio Saretta. Na semana passada, ele recusou convite para disputar o Aberto de São Paulo, a partir de 1.º de janeiro, porque queria se dedicar às disputas no saibro, seu piso favorito.Outra atração do torneio chileno será o ídolo local Marcelo Ríos, que se aposentou do esporte há dois anos e já disputava o circuito de veteranos da ATP. Ele recebeu uma autorização especial, já que os veteranos já não podem disputar jogos da série normal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.