Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Guga já admite não jogar em Roland Garros

Tricampeão de Roland Garros, Gustavo Kuerten não voltará ao circuito profissional do tênis por pelo menos mais um mês. E ele poderá até mesmo deixar de disputar o tradicional torneio do Grand Slam realizado na França, a partir do dia 28 de maio, se não se sentir preparado para a competição.Guga jogou apenas uma partida de simples nesta temporada (no Brasil Open, na Costa do Sauípe) e vai seguir o tratamento de recuperação do quadril nos Estados Unidos, sem prazo definido para retornar ao Brasil ou mesmo às quadras, segundo afirmou sua assessora de imprensa Diana Gabanyi.?Ele vai ficar nos Estados Unidos o tempo que achar necessário?, informou Diana Gabanyi. ?A expectativa de Guga é continuar o tratamento por pelo menos mais um mês e poderá ser mais se ele julgar necessário.? Por conta da recuperação, o maior tenista brasileiro da história já recusou wild card (convite) para jogar o Torneio de Valência, a partir do dia 10 de abril. ?O Guga não vai forçar sua volta só para jogar em Roland Garros?, garantiu sua assessora.Para Guga, o mais importante no momento é fortalecer a musculatura do quadril e acabar com uma instabilidade no local, revelada depois dos exames que fez recentemente nos Estados Unidos. Para poder fazer os exercícios de recuperação, o tenista passou até mesmo por sessões de infiltração, com objetivo de diminuir a dor e ganhar mobilidade, como forma de facilitar o tratamento.Desde a segunda cirurgia no quadril, realizada em setembro de 2004, Guga praticamente não jogou - e quando esteve em quadra, decepcionou. Sua melhor apresentação foi no US Open do ano passado, quando alcançou a segunda rodada, perdendo para o espanhol Tommy Robredo em uma partida na qual o brasileiro teve boa participação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.