Guga pode pegar Horna já na sexta-feira

Apesar de o capitão da equipe brasileira, Fernando Meligeni, ainda manter o mistério na escalação do Brasil para o confronto diante do Peru, pela primeira rodada do grupo 1 da Copa Davis, Gustavo Kuerten enfrentaria Luís Horna já na abertura do confronto, sexta-feira, em Ásia. Como Guga está com um ranking bastante baixo, 287, se for confirmado como titular, fica como número 2 do time brasileiro e, segundo o atual regulamento da competição, teria de enfrentar o número 1 peruano, Horna, 70º colocado na ATP e maior ameaça aos brasileiros. Na árida e calorenta Ásia, Guga voltou a treinar normalmente. Não se poupou e demonstrou bastante confiança nos golpes. Já sequer fala da torção no tornozelo e está à disposição do técnico Fernando Meligeni. ?Se for escalado, estou pronto para jogar?, garantiu. ?Estou treinando bem, pois não há mesmo muito o que se fazer aqui.?A ironia de Guga reflete o forçado estado de concentração que o time brasileiro passa em Ásia. Num lugar tranqüilo, meio deserto e de paisagem árida, só há mesmo treinos para os jogadores pensarem. O clima até que vem deixando o capitão Meligeni bastante contente. ?O resultado é que estão todos bem preparados para jogar?, afirmou o técnico, que já tem a escalação definida na cabeça, mas prefere manter segredo até esta quinta-feira, no sorteio dos jogos. Na tarde desta quarta-feira, a quadra em que serão disputados os jogos foi liberada. Apesar de ainda não estar perfeita, o time brasileiro resolveu transferir os treinos do clube ao lado para a quadra central, construída recentemente e, por isso, sem a sedimentação necessária para dar regularidade no pique da bola. Flávio Saretta, que também não foi confirmado como titular, tem um retrospecto bastante favorável diante do número 1 do Peru, Luis Horna, tendo vencido três partidas. A última delas em 2004 e as outras duas em 2001. Apesar disso, é provável que Meligeni escale Ricardo Mello para ser titular ao lado de Guga no primeiro dia de jogos. Assim, Mello enfrentaria o peruano Ivan Miranda, tenista ranqueado como 354º na ATP, e Guga jogaria com Horna. No domingo, como agora é permitido na Davis, Saretta poderia ser escalado para enfrentar Horna, no quarto jogo do confronto, ficando Guga para uma quinta partida diante de Ivan Miranda.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.