Sátiro Sodré/Divulgação
Sátiro Sodré/Divulgação

Guido bate recorde no Finkel e se garante em Mundial

Atleta nadou os 50 metros livres em 23s31, batendo seu próprio recorde sul-americano, de 2010

AE, Agência Estado

22 de agosto de 2012 | 11h57

SÃO PAULO - Depois de ter ficado fora da Olimpíada de Londres, Guilherme Guido voltou a nadar em grande estilo, nesta quarta-feira, no Troféu José Finkel de Natação, no Sesi Vila Leopoldina, em São Paulo. O atleta do Pinheiros nadou os 50 metros costas em 23s31, e bateu o seu próprio recorde sul-americano, de 23s39, obtido na final do Mundial de Piscina Curta de Dubai, em 2010.

Com o feito desta quarta nas eliminatórias do José Finkel, Guido subiu ao topo do ranking mundial desta prova, antes ocupado pelo chinês Xiaolei Sun, que antes marcou o tempo de 23s34. A marca também assegurou ao brasileiro uma vaga no Mundial de Piscina Curta de Istambul, cujo índice exigido nos 50 metros costas é de 23s74 e será realizado em dezembro.

"Peguei uma semana de férias depois da Tentativa Olímpica e foi mais para descansar a cabeça do que a parte física porque não consegui a vaga olímpica. Se não tivesse esse Mundial (de Istambul) provavelmente tinha pegado umas férias maiores, mas decidi me motivar ou o ano tinha acabado. Gostei muito do tempo porque superou o meu tempo de finalista em Dubai (onde foi sexto colocado)", afirmou Guido, ao comemorar o seu desempenho.

Além de Guido, outro nadador que garantiu índice para o Mundial de Istambul foi Daniel Orzechowski, também do Pinheiros, que cravou 23s69 em uma bateria eliminatória anterior à disputada pelo recordista sul-americano nesta quinta. E o próprio nadador admitiu surpresa com o tempo que obteve nesta quarta.

"Não esperava esse tempo agora. Depois da Olimpíada o corpo não está tão cansado, mas a cabeça está. E segurar o polimento (descanso) está complicado. Mas foi bom ter conseguido logo e não deixar pra última seletiva (o Torneio Open, em novembro). Espero melhorar esse tempo ainda mais à noite (nas semifinais) ou na final. E se conseguir a vaga vou ao Mundial", disse.

Na prova feminina dos 50 metros costas, Etine Medeiros, do Flamengo, foi a melhor das eliminatórias desta quarta ao cravar o tempo de 27s72. Fabíola Molina, do Minas Tênis, ficou em segundo lugar, com 27s95. Nenhuma delas, porém, obteve o índice para o Mundial, que é de 27s13.

Já nas eliminatórias dos 100 metros medley, Flávia Delaroli, do Pinheiros, foi a melhor com o tempo de 1min03s72, seguida por Bruna Rocha, sua companheira de clube, com 1min04s21.

THIAGO PEREIRA AVANÇA EM 2.º

Nas eliminatórias masculinas da prova dos 100 metros medley, Henrique Rodrigues, do Fluminense, ficou em primeiro lugar ao cravar 54s24, enquanto Thiago Pereira, do Corinthians, veio logo atrás, com a marca de 54s38.

Medalhista de prata nos Jogos Olímpicos de Londres, Thiago havia conquistado na última terça o ouro na prova dos 400 medley do José Finkel, no qual também assegurou presença no Mundial de Istambul nesta prova. O nadador corintiano cravou o tempo de 4min01s91, superando com folga o índice de 4min06s96 para a competição que será realizada na Turquia.

Tudo o que sabemos sobre:
nataçãoJosé FinkelGuilherme Guido

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.