Guilheiro fica com a prata no Masters do Azerbaijão

Depois do bronze de Sarah Menezes no sábado, o Brasil coloca mais uma medalha na bagagem

, O Estado de S.Paulo

17 de janeiro de 2011 | 00h00

Depois da medalha de bronze de Sarah Menezes no sábado, o judô brasileiro voltou a subir no pódio no Masters Mundial, em Baku, no Azerbaijão. Desta vez, com Leandro Guilheiro, que ficou com a medalha de prata.

Na decisão da categoria até 81 quilos, o brasileiro, número três do ranking mundial, foi derrotado por ippon pelo campeão olímpico Elnur Mammadli, do Azerbaijão. Antes, ele havia eliminado três adversários: o alemão Ole Bischof, o francês Axel Clerget e o japonês Takahiro Nakai.

Guilheiro, de 27 anos, tem duas medalhas olímpicas no currículo: foi bronze em Atenas, em 2004, e também em Pequim, em 2008, na categoria até 73 kg.

Os outros brasileiros que foram ao tatame ontem não tiveram sucesso. Tiago Camilo (até 90 quilos), Rafael Silva (mais de 100 quilos) e Maria Suellen Altheman (mais de 78 quilos) pararam na segunda rodada.

Já Luciano Corrêa (até 100 quilos), Daniel Hernandes (acima de 100 quilos) e Marya Aguiar (até 78 quilos) não passaram da primeira luta.

O Masters Mundial é um torneio que distribui pontos para o ranking que leva à Olimpíada e ao Mundial.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.