Gustavo se despede das provas nacionais

O campeão Gustavo Borges, aos 31 anos, se despediu das disputas nacionais com o encerramento do Troféu Brasil de Natação, neste domingo, no Parque Aquático Júlio de Lamare, no Complexo Maracanã. O atleta do Pinheiros/SP, apesar do mau desempenho, se mostrou satisfeito com os resultados, que comprovaram que sua "aposentadoria já anunciada" foi uma decisão "consciente" e na "hora certa". "Não teve um clima de despedida. Isso vai acontecer é lá em Atenas. Quero me preparar para a disputa do revezamento 4 x 100 m, livre, já que não deverei nadar os 100 m, porque quero me concentrar onde tenho chance de ir à final", disse Borges, dono de quatro medalhas olímpicas: prata na modalidade individual nos Jogos de Barcelona, em 1992, e bronze em Atlanta, em 1996, além de prata nos 200 m, livre, também em Atlanta, e bronze no revezamento 4 x 100 m, livre, em Sydney, em 2000. "Não quero participar como figurante, por tudo o que fiz na minha carreira. Só nado os 100 m, livre, se conseguir baixar meu tempo", frisou Borges, o quinto neste domingo na final da prova individual, com 50s66. No ano passado, nadou o percurso em 49s63. Com a desistência do atleta do Pinheiros/SP, Jáder Souza, Euclides Rodrigues/AP, herdou a vaga. Natural do Amapá, ele tem a segunda melhor marca na prova individual e por isso será inscrito nos Jogos. Já na prova feminina, a vaga deverá ficar para Julyana Kury, do Suzano/SP. Ela tem a segunda melhor marca entre as brasileiras, que não conseguiram o índice olímpico "A" necessário para que o País pudesse inscrever duas atletas, mas possui o tempo "B", que dá o direito de ter uma nadadora. A vaga para disputar os 100 m, livre, seria de Rebeca Gusmão, AABB/DF, mas a nadadora está classificada para os 50 m, da modalidade. Neste domingo, a atleta afirmou que somente participaria da tradicional prova da natação se ela ocorresse antes dos 50 m, o que não vai acontecer, pela programação oficial dos Jogos. Com as vitórias de Rebeca e do argentino José Meolans nas finais dos 100 m, livre, neste domingo, as equipes de revezamento foram formadas. No time masculino estão Borges, Souza, Carlos Jayme, Pinheiros/SP, e Rodrigo Castro, Minas Tênis Clube. Entre as mulheres, que ainda dependem de uma "repescagem" para irem a Atenas: Rebeca, Julyana, Flávia Delaroli e Tatiana Lemos, ambas do Pinheiros/SP.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.