Halterofilista albanês é excluído dos Jogos por doping

Hysen Pulaku testou positivo para o esteroide estanozolol em exame na semana passada

AE-AP, Agência Estado

28 de julho de 2012 | 08h44

LONDRES - O Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou neste sábado que o halterofilista Hysen Pulaku deu positivo em um exame antidoping realizado antes do começo do Jogos de Londres e, com isso, foi excluído desta edição da Olimpíada, de acordo com comunicado divulgado pela entidade.

Segundo o COI, Pulaku, de 20 anos, testou positivo para o esteroide estanozolol em exame realizado no dia 23 de julho. A análise da contraprova confirmou o doping do albanês. Assim, a comissão disciplinar do COI decidiu excluir o albanês da Olimpíada e remeter o seu caso para a Federação Internacional de Levantamento de Peso.

O anúncio do COI foi feito apenas um dia depois de Pulaku ser dispensado da equipe de levantamento de peso da Albânia sob a suspeita de doping, que agora se confirmou. Pulaku iria competir na Olimpíada de Londres na categoria até 77kg.

Dois levantadores de peso da Turquia também foram dispensados pela respectiva federação nacional pouco antes da Olimpíada após darem positivo em exames antidoping. As competições do esporte nos Jogos de Londres começam neste sábado, com a disputa entre mulheres da categoria até 48kg.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.