Handebol: Brasil enfrenta a Dinamarca na estreia do Mundial

Na Croácia, seleção entra em quadra neste sábado a partir das 17h15 (horário de Brasília) contra rival forte

Redação,

16 de janeiro de 2009 | 16h46

A seleção brasileira estreia neste sábado (às 17h15 de Brasília) no Mundial de Handebol, realizado na Croácia. Logo de cara, a equipe pega a forte Dinamarca, uma das grandes candidatas ao título do torneio, no Ginásio Jatica, em Porec.Os dinamarqueses entram na competição com a equipe completa e têm como principal destaque ponta-esquerda Cristiasen, de 36 anos. "Ele joga por um time da Alemanha, é um dos artilheiros da Liga, e é tão importante que, quando mostrou desejo de voltar para a Dinamarca, os patrocinadores de sua equipe ameaçaram cortar as parcerias. Ele pediu o que quis, os patrocinadores, dinamarqueses em sua maioria, cederam e pagaram", contou o técnico brasileiro Washington Nunes. "Eles vieram completos e dispostos a levar mais este título", continuou.O treinador mostrou-se animado após o coletivo diante de Porec (vitória dos croatas por 23 a 21), treino que encerrou os preparativos do Brasil. "O Porec jogou além do que mostrou no primeiro amistoso (empate em 27 gols), mas nós também jogamos muito melhor. Creio que atingimos o limiar, principalmente no comportamento da defesa, que mostrou-se mais agressiva. Individualmente, o Maik vem sendo o destaque em todos os jogos, e, entre os novos, o Babo e o Didier estão mostrando handebol dos mais consistentes".Já o experiente pivô Menta, de 34 anos, ainda acredita na evolução do handebol brasileiro. "Tomara que os adversário pensem que já estamos no ápice, porque assim teremos condições de surpreender. Só que ainda não acendeu a faísca", declarou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.