Handebol: Brasil tem melhor desempenho

A seleção brasileira feminina de handebol passou com facilidade, nesta quinta-feira, pela França, atual campeã mundial, por 35 a 23, no Mundial da Rússia, que está sendo disputado em São Petersburgo. Com o resultado, o Brasil terminou a segunda fase do torneio na quarta colocação do Grupo B-2, garantindo a disputa da sétima colocação ? neste sábado, contra a Coréia do Sul (que perdeu da Holanda por 29 a 26, e terminou na quarta colocação do Grupo A-2). Com quatro pontos ganhos (duas vitórias e três derrotas), o Brasil foi beneficiado pelo tropeço das ucranianas para ficar com o quarto lugar na chave ? a Ucrânia perdeu da Alemanha (29 a 26). A França, campeã mundial em 2003, decepcionou e ficou em último lugar na chave. Independentemente do resultado da partida deste sábado, o Brasil ? agora comandado pelo técnico espanhol Juan Oliver ? já tem sua melhor campanha em Mundiais. Antes, o melhor resultado era o 12.º lugar de 2001, na Itália. Na última edição, em 2003, na Croácia, o Brasil foi apenas 20.º. Nesta quinta, contra a França, o Brasil dominou o jogo do início ao fim. Aos 11 minutos do primeiro tempo, as brasileiras já lideravam com folga: 12 a 3. A reação da equipe francesa veio aos 15 minutos, quando a diferença diminuiu para quatro gols. No segundo período, o ritmo do jogo foi comandado pelo Brasil, que administrou a vitória, com grande atuação da armadora Lucila, artilheira do jogo com oito gols. A ponta-esquerda Dali, um dos destaques da equipe no Mundial, marcou sete e já chega a 49 gols na competição. Outro dado que define bem a vitória brasileira é o aproveitamento: dos 52 arremessos contra a meta francesa, as brasileiras fizeram 35 gols (67% de acertos). Pela equipe francesa, o destaque foi Angélique Spincer, com cinco gols. Na primeira fase, o Brasil disputou cinco jogos e venceu três ? Polônia, Costa do Marfim e Áustria. Na segunda fase, perdeu na primeira partida, da Romênia, por uma diferença de apenas dois gols. Depois, recuperou-se contra a forte Ucrânia, que foi bronze nos Jogos Olímpicos de Atenas/2004. No Grupo A-2, a Rússia terminou na liderança com cinco vitórias, seguida da Hungria, com quatro, e Holanda, com duas. No B-2, Romênia, com cinco; Dinamarca e Alemanha, com três, ficaram à frente do Brasil ? com duas vitórias nesta segunda fase.

Agencia Estado,

15 de dezembro de 2005 | 18h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.