Handebol fecha invicto preparação para Olimpíada

Ao todo foram 16 jogos, sendo o último deles nesta 4ª, com uma vitória por 30 a 25 sobre a Suécia

Agência Estado, AE

25 de julho de 2012 | 14h40

Há sete meses e 11 dias o handebol feminino do Brasil não sabe o que é derrota. Desde que caiu frente à Espanha, por um gol, na semifinal do Mundial, em São Paulo, a equipe do técnico Morten Soubak não sentiu mais o gosto de perder. E, no período, foram 16 jogos, o último deles nesta quarta-feira, com uma vitória por 30 a 25 sobre a Suécia, em Londres.

 

"Foi uma boa partida, ainda mais sendo a última antes de estrearmos nos Jogos. Eu, particularmente, estou um pouco ansiosa por ser minha primeira Olimpíada. Mas estamos totalmente focadas, confiantes no trabalho que vem sendo realizado e fazendo tudo como o Morten pede", comentou a ponta Fernanda.

 

Dos 16 jogos, o Brasil só não venceu dois, empatando duas partidas contra a Noruega, atual campeã mundial. De resto, só vitórias, a maioria contra grandes forças do handebol europeu. A própria Suécia estará na Olimpíada, mas no grupo oposto ao do Brasil.

 

No Mundial do ano passado, o time brasileiro venceu rivais fortes como França, Romênia, Japão e Croácia. Assim, chega como um dos possíveis medalhistas na Olimpíada. A estreia é neste sábado, às 10h30 de Brasília, contra as croatas. Depois, jogando em dias intercalados, pega Montenegro. Grã-Bretanha, Rússia e Angola.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.