Hang Loose Pro começa hoje em Noronha

A temporada de competições internacionais de surfe no Brasil começa nesta segunda-feira, na Cacimba do Padre, em Fernando de Noronha, com o Hang Loose Pro Contest, evento cinco estrelas do World Qualifying Series (WQS), a divisão de acesso do esporte - o máximo são seis estrelas. Já estão confirmados no evento 135 surfistas de 14 países, ao lado dos melhores brasileiros no esporte.Entre os brasileiros inscritos, há surfistas consagrados, como Fábio Gouveia, Victor Ribas e Guilherme Herdy. Da nova geração, o bicampeão do WQS, Neco Padaratz, e a revelação da última temporada do World Championship Tour, Raoni Monteiro, além de Pablo Paulino, que em janeiro conquistou o Mundial Pro Junior na Austrália e aparece em sua primeira competição em águas brasileiras depois do título. Paulino terá um rival à altura em Adriano de Souza, o Mineirinho, que ganhou o mesmo mundial em 2004.Outro que inspira respeito é Rafael Becker, que no fim de 2004 venceu uma bateria contra o tricampeão mundial do WCT, o havaiano Andy Irons. Tânio Barreto, que bateu o vice mundial, o australiano Joel Parkinson no Nova Schin Festival em Florianópolis, também estará na Cacimba do Padre.Depois de quatro vitórias seguidas - com Guilherme Herdy, Fábio Silva, Victor Ribas e Neco Padaratz -, a hegemonia brasileira na Esmeralda do Atlântico foi quebrada no ano passado pelo sul-africano Warwick Wright, que pegou as melhores ondas na grande final contra o potiguar Marcelo Nunes, o carioca Daniel Hardman e o alagoano Marcondes Rocha.Pela primeira vez, os surfistas vão disputar baterias do WQS em sistema homem a homem a partir das quartas-de-final, como no WCT. Com isso, as competições cinco e seis estrelas ficam limitadas a, no máximo, 192 competidores.

Agencia Estado,

14 de fevereiro de 2005 | 09h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.