Havana não aprova critérios do COI

O presidente do Comitê Olímpico Cubano, José Ramón Fernández, criticou a forma dos ?cortes? feitos pelo Comitê Olímpico Internacional (COI), que indicou nesta terça-feira as cidades de Nova York, Londres, Paris, Moscou e Madri para seguirem na disputa para ser sede da Olimpíada de 2012. ?Infelizmente, a comercialização e as possibilidades econômicas continuam sendo fundamentais?, afirmou o dirigente. ?Somos da opinião de que o mérito desportivo, a capacidade de organização e o respaldo da opinião pública deveriam ser fatores de maior peso para conceder os Jogos.? Fernández disse que Cuba continuará sendo candidato às futuras edições olímpicas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.