Henin-Hardenne bate Sharapova e é nova n.º 1 do mundo

Franzina, mas com uma técnica refinada, realmente invejável, a belga Justine Henin-Hardenne é a nova número 1 do mundo do tênis feminino. Ganhou a liderança do ranking ao eliminar a russa Maria Sharapova por 6/2 e 7/6 (7-5) nas semifinais do Masters da WTA, em Madri, neste sábado.A belga disputará o título contra a francesa Amelie Mauresmo, que a venceu na primeira fase da competição. "Me recuperei rápido daquela partida. Sou uma jogadora competitiva. Caso não jogue por nada não dou o máximo.", afirmou.Em um jogo emocionante, Henin-Hardenne tirou a chance de Maria Sharapova retomar a liderança do ranking. A tenista russa teria uma possibilidade de ser a número 1, caso conquistasse o título do Masters da WTA. Não faltou luta para Maria Sharapova. Depois de um primeiro set de muitos erros, esboçou uma reação. Henin vencia a segunda série por 5 a 3 e sacou com bolas novas. Sem se entregar, a tenista russa forçou um tie break, em que salvou um match point, mas caiu no segundo. Henin-Hardenne conquistou neste ano o tricampeonato de Roland Garros e sua atuação em uma quadra rápida, como a de Madri, é surpreendente."Tive uma boa temporada. Embora existam outras jogadoras com méritos para serem a número um do mundo. No entanto, tive um ano completo, fui constante e acho que mereço esta posição no ranking", concluiu a belga. *Atualizado às 16h

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.