Henin-Hardenne passa fácil por israelense no US Open

A tenista belga Justine Henin-Hardenne, número dois do mundo, não encontrou problemas nesta segunda-feira para derrotar a israelense Shahar Peer, cabeça-de-chave 21, por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/0, pelas oitavas-de-final do US Open, o último Grand Slam do ano, que distribui mais de US$ 18,8 milhões em prêmios. "Foi uma ótima partida para mim. Comecei de uma forma mais agressiva e consegui neutralizar minha adversária", contou Henin-Hardenne, que precisou de apenas 50 minutos para derrotar a tenista israelense. Nas quartas-de-final, Henin-Hardenne, que conquistou o título do US Open em 2003, vai enfrentar a vencedora do duelo entre a norte-americana Lindsay Davenport, cabeça dez, e a suíça Patty Schnyder, cabeça sete. Em outro confronto pelas oitavas, a tenista russa Elena Dementieva, cabeça-de-chave número quatro, passou pela francesa Aravane Rezai por 2 a 0, com parciais de 7/5 e 6/4.

Agencia Estado,

04 Setembro 2006 | 13h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.