Hernanes e Alex Silva: talvez o jogo de despedida

A partida contra o Botafogo tem tudo para representar a despedida de Hernanes e Alex Silva no São Paulo. No dia 22, se apresentam à seleção, que buscará o único título que o futebol do País ainda não tem: a medalha de ouro olímpica. Quando voltarem de Pequim - a final do torneio de futebol masculino será no dia 23 de agosto -, faltará menos de uma semana para o final da janela de transferências para o exterior, que fecha em 31 de agosto. Ambos já têm propostas oficiais do futebol mais rico do mundo. O Barcelona é o maior interessado em Hernanes, de 23 anos. O clube catalão ofereceu 11 milhões (R$ 27,7 milhões) pelo volante. O São Paulo rejeitou e avisou que pretende conseguir os 25 milhões (R$ 63 milhões) da multa rescisória. O acerto deve ocorrer em cima do laço, perto do fechamento do mercado europeu. "É quando os clubes conseguem bons negócios", disse o diretor de futebol João Paulo de Jesus Lopes.Hernanes sabe que a despedida está próxima. "Lutei bastante para chegar ao time profissional do São Paulo", recorda. "Dei sempre o máximo. Isso tem de ficar marcado na minha passagem por aqui." No clube desde que tinha 16 anos, o pernambucano chegou a não ter dinheiro para manter-se na capital, foi emprestado ao Santo André em 2006 e só conseguiu projeção no Morumbi em 2007.Alex Silva recentemente renovou contrato com o time, mas tem proposta do Wolfsburg. Ainda não fechou porque o salário oferecido não era o esperado. "Se estivesse pensando em outro lugar, não renovaria. Sou atleta do São Paulo", garantiu. Resta saber até quando.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.