Hewitt vence e vai às quartas-de-final do US Open

O australiano Lleyton Hewitt, 15º cabeça-de-chave, deixou escapar uma vantagem de dois sets antes de vencer por o francês Richard Gasquet por 3 a 2 (6/4, 6/4, 4/6, 4/6 e 6/3), no último e mais disputado jogo desta segunda-feira, e se classificou para as quartas-de-final do US Open. Hewitt, que não tinha perdido nenhum set nos três primeiros jogos, viu Gasquet reagir e forçar o quinto set. Mas o cansaço, depois de mais de três horas, afetou o francês, que precisou ser atendido pelo fisioterapeuta e acabou derrotado pelo australiano. Gasquet, que terminou sem poder correr, com cãibras na perna direita, e Hewitt, que confirmou seu grande preparo físico, jogaram durante 3h33 na quadra central Arthur Ashe. Hewitt, de 25 anos, disputa seu oitavo Aberto e chega pela sétima vez consecutiva às quartas-de-final. Ele vai enfrentar o americano Andy Roddick, nono cabeça-de-chave, que venceu por 3 a 0 (6/3, 6/4 e 6/3) o alemão Benjamin Becker, carrasco do lendário Andre Agassi.

Agencia Estado,

05 Setembro 2006 | 06h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.