Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Hipismo: Doda vive como celebridade

O cavaleiro Álvaro Afonso de Miranda Neto, conhecido como Doda, irá se casar, em dezembro, com a milionária Athina Onassis Roussel - única herdeira da fortuna do magnata grego Aristóteles Onassis. Por isso mesmo, teve de adaptar-se a uma rotina de celebridade. Perseguido por profissionais de revistas ávidos de informações sobre Athina (que está vivendo em São Paulo, por enquanto), ele teve de abrir mão de seu patrocinador no hipismo, a Audi.O contrato exigia a presença em entrevistas de tevê e o contato com a mídia que acaba resultando em mais perguntas sobre Athina, dona de uma fortuna estimada em U$ 7 bilhões - segundo a mídia européia, que a trata como a mulher mais rica do mundo. Doda disse que abriu uma empresa, a T&Tel, com um sócio, que está colocando no mercado uma nova tecnologia em telefonia e poderá competir sem o patrocínio da Audi.Dona de passaportes francês e grego, Athina prepara-se com o noivo-cavaleiro Doda para lutar por vaga na equipe olímpica grega de hipismo nos Jogos de 2008. "Ela não pensa em competir pelo Brasil. Até porque, para obter uma vaga na nossa equipe, seria muito difícil", explicou Doda.A milionária atleta não dá entrevistas desde os 12 anos. Segundo Doda, Athina não acha que uma pessoa rica deva ser considerada celebridade. "Ela sempre fala que no dia em que vencer uma prova no hipismo vai falar com a imprensa. Mas acha que não tem de dar entrevista simplesmente por ter nascido numa família rica", afirmou o cavaleiro brasileiro sobre a noiva, que circula nas provas hípicas de São Paulo cercada de muitos seguranças. Athina chegou a ficar assustada com a perseguição que sofreu dos paparazzi ao desembarcar em São Paulo. "Bateram duas vezes na traseira do carro em que ela estava. Ficou assustada, pensou no acidente que matou a princesa Daiane...", comento Doda, que resume de forma curiosa quando questionado sobre o que mudou na sua vida após o noivado. "Não posso mais enfiar o dedo no nariz quando eu quero porque sempre tem alguém para fotografar."Depois de casar, no início do ano que vem, Doda e Athina seguirão para a Bélgica para uma temporada no hipismo. O brasileiro adquiriu Chatwin, um cavalo da raça alemã Holsteiner, uma aposta para o Mundial de 2006, o Pan de 2007 e os Jogos de Pequim, em 2008. O cavalo de 11 anos veio da Holanda, do haras de Jan Tops, há três meses (Doda não revela o valor pago pelo animal). "O Aspen é o melhor cavalo que eu tive e acho que o Chatwin está acima", admitiu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.