Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Hipismo: melhores no Rio para concurso

O Concurso Internacional de Saltos (CSIO-W), que começa nesta quinta e se encerra no domingo, vai reunir os principais cavaleiros brasileiros, europeus e de outros países da América, na Sociedade Hípica Brasileira, na Lagoa. O torneio terá 11 provas, entre as quais a Nations Cup, que não é realizada no Brasil há mais de 40 anos. O evento distribuirá mais de R$ 150 mil em prêmios.Entre os brasileiros, destaque para o cavaleiro Rodrigo Sarmento, medalhista de ouro por equipe nos Jogos Pan-Americanos de Winnipeg. Ele trouxe do Centro de Treinamento do Nelson Pessoa, na Bélgica, as suas principais montarias: GMS New River, Tadonia e Luck Lady - esta não poderá competir porque ainda se recupera de uma contusão no tendão. Sultan foi escolhida para substituí-la, pois, segundo ele, "está vivendo uma ótima fase".Detentor de seis títulos nesta temporada, quatro em torneios internacionais, Sarmento está confiante em uma boa exibição no Rio. "Estou muito otimista, os meus cavalos vêm de uma temporada forte na Europa. Eles estão um pouco cansados, mas acredito que, até quinta (hoje), estarão prontos para saltar", declarou o cavaleiro, que participará das provas com obstáculos de 1,35m a 1,45m.O Concurso Internacional terá também o duelo entre Fábio Leivas e Stephanie Macieira, de 17 anos, sua aluna há um ano e meio. No início de setembro, o cavaleiro sofreu a primeira derrota para a jovem amazona, que conquistou o primeiro lugar na prova de 1,30m do CSIE - Angra dos Reis National. Na ocasião, Leivas, tricampeão carioca, ficou em terceiro.Há duas semanas, a aluna novamente superou o "professor" no GP do Circuito Hípico de Inverno, realizado no Haras Boa Fé. Leivas, que montará Bwana e Fabiana N., está ansioso para a "revanche". "A Stephanie é uma excelente amazona. Ela tem um futuro muito promissor no hipismo. Me sinto muito orgulhoso ao vê-la na pista fazendo um bom percurso. É uma realização pessoal enorme ver o trabalho dando certo", disse o cavaleiro, que, assim como sua aluna, saltará as provas com obstáculos de 1,35m a 1,45m.Campeã carioca de todas as categorias da modalidade, desde mini-mirim até júnior, Stephanie vai competir com as montarias Bon Jovi e Ettincelle. A amazona disse estar confiante para disputar pela segunda vez o Internacional de Saltos do Rio. "Estou muito otimista, os meus cavalos estão saltando super bem. Vou fazer o meu melhor na pista e espero que as coisas continuem dando certo", afirmou Stephanie, que venceu no ano passado o Campeonato Sul-Americano Júnior por equipe.

Agencia Estado,

06 de outubro de 2004 | 19h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.