Holyfield luta para ter o direito de buscar novo cinturão

Aos 44 anos, o norte-americano Evander Holyfield está a um passo de tentar reconquistar o título mundial dos pesos pesados. O ex-campeão enfrenta, neste sábado, na cidade de Corpus Christi, no Texas, Estados Unidos, o compatriota Vinny Maddalone. Se vencer, ele vai garantir o direito de enfrentar ainda este ano um dos campeões das quatro principais entidades que dirigem o pugilismo: Conselho Mundial, Associação Mundial, Federação Internacional ou Organização Mundial de Boxe. ?Eu sei que posso ser campeão de novo?, afirmou Holyfield, que fez duas lutas em 2006. Derrotou o desconhecido Jeremy Bates, em agosto, e a revelação porto-riquenha Fres Oquendo, em novembro.Maddalone, de 33 anos, é considerado um lutador resistente, apesar de não ter enfrentado nenhum adversário de expressão. Seu cartel é modesto. São 27 vitórias (19 nocautes) e três derrotas. Holyfield, ao contrário, enfrentou todos os rivais de sua época. ?The Real Deal?, que também foi campeão unificado dos pesos cruzadores, soma 40 vitórias (26 nocautes) e oito derrotas.O sonho dos críticos e fãs do boxe é ver Holyfield diante do gigante Nicolay Valuev, de 2,13 metros e 150 quilos, dono do cinturão da Associação Mundial de Boxe.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.