Holyfield vence dinamarquês por nocaute técnico

Ex-campeão mundial dos pesos pesados, Evander Holyfield derrotou na noite de sábado o dinamarquês Brian Nielsen por nocaute técnico no décimo round. Com o triunfo na cidade de Copenhague, o norte-americano espera que possa voltar a disputar uma luta pelo cinturão dos pesos pesados.

AE, Agência Estado

08 de maio de 2011 | 10h28

O combate foi interrompido quando Holyfield, de 47 anos, acuou Nielsen em um dos corners do ringue e o atingiu várias vezes com golpes de esquerda de direita, o que chegou a tirar sangue do boxeador dinamarquês.

"Meu objetivo ainda é ser campeão mundial dos pesos pesados", disse Holyfield. "Essa luta mostrou aos outros campeões o que eu sou capaz de fazer, mas também me ensinou que eu tenho que ser melhor. O mais importante é que eu não parei. Eu não desisti".

Holyfield (44 vitórias, dez derrotas, dois empates e uma luta não-encerrada) iniciou o combate de forma agressiva, pressionando Nielsen, de 46 anos, nas cordas e disparando vários jabs e ganchos.

Apesar de estar com um olho inchado desde o quarto round, Nielsen provocou Holyfield durante todo o combate, o que levou o seu treinador, Paul Duvill, a lhe pedir para se concentrar apenas na luta.

Nielsen (64 vitórias e duas derrotas, com 43 nocautes) reagiu no oitavo round, empurrando um cansado Holyfield nas cordas com combinação de golpes, antes de Holyfield definir a luta no décimo round.

Nielsen, com um saco de gelo sobre o rosto sangrando, disse que discordou da decisão de encerrar a luta. Ele sugeriu uma revanche. "Isso é o suficiente, eu não preciso de uma revanche", disse Holyfield, rindo.

Tudo o que sabemos sobre:
boxeEvander HolyfieldBrian Nielsen

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.