Honduras destoa dos latino-americanos

JOHANNESBURGO

, O Estado de S.Paulo

22 de junho de 2010 | 00h00

A volta do atacante David Suazo não adiantou muito à seleção de Honduras, que se safou de uma goleada contra a Espanha, ontem, mas não de ser o único time latino-americano a ir mal na Copa do Mundo até agora.

Sem nenhum ponto nem gol marcado, a equipe da América Central ainda tem chances de se classificar para as oitavas de final. Mas são mínimas. Precisa vencer a Suíça na sexta-feira por um bom placar e torcer por uma derrota da Espanha frente ao Chile. Nesse caso, Honduras, Suíça e Espanha ficariam empatados com três pontos e a vaga seria definida no saldo de gols.

Todas as outras seleções latino-americanas vão bem na competição. Mas a pequena Honduras pouco pôde fazer contra Chile e Espanha, apesar da diferença no placar ter sido pequena (1 a 0 no primeiro jogo e 2 a 0, ontem).

O atacante Suazo, que havia ficado fora contra o Chile, por causa de uma contusão, não levou perigo ao gol espanhol. Honduras deu nove chutes, mas nenhum deu trabalho a Casillas.

"Não há muito o que explicar, a não ser que tínhamos uma equipe superior diante de nós", disse o técnico Reinaldo Rueda, reconhecendo a melhor qualidade técnica da Espanha.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.