Hoyama tem planos para o mundial

O objetivo de Hugo Hoyama para o Campeonato Mundial de Tênis de Mesa, de 23 de abril a 6 de maio, em Osaka, no Japão, não é nada modesto: ficar entre os oito melhores do mundo. Para isso, terá de quebrar um tabu, já que não costuma ir bem nessa competição embora já tenha derrotado, em outros torneios, alguns dos seus principais adversários. ?Esta será minha sétima participação em um Mundial. Já venci alguns dos melhores jogadores do mundo, sei que tenho condições de até disputar uma final, mas confesso que nesta competição não tenho conseguido impor meu melhor jogo. O campeonato é nivelado de tal forma que eu posso ser um finalista, assim como cair na primeira fase. Por isso ficarei satisfeito se terminar entre os oito melhores?, explicou Hoyama, cuja melhor colocação neste torneio foi um 32º lugar. Se individualmente Hoyama quer ficar entre os oito, na disputa por equipes as pretensões do Brasil são menores. A Seleção Brasileira quer voltar à Primeira Divisão Mundial e para isso tem de ficar pelo menos na 24ª posição. A equipe brasileira, que viaja para o Japão amanhã (19), às 21h15, é formada por oito atletas: Hugo Hoyama, Hugo Hanashiro, Thiago Monteiro e Thiago Takayama, no masculino, e Lyanne Kosaka, Lígia Santos, Cristina Iikuza e Mônica Doti, no feminino.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.