Divulgação/Time Calderano
Divulgação/Time Calderano

Hugo Calderano acerta com equipe russa para disputa da temporada do tênis de mesa

Brasleiro quer ajudar o clube Fakel Gazprom a conquistar pela sexta vez o título europeu da modalidade

Redação, O Estado de S.Paulo

04 de fevereiro de 2021 | 12h23

Hugo Calderano já tem uma nova casa para a próxima temporada. O mesa-tenista de 24 anos acertou com o Fakel Gazprom Orenburg, da Rússia, para a disputa da edição de 2021/2022 da Liga dos Campeões da Europa. O brasileiro terá a missão de ajudar o clube a conquistar o seu sexto título europeu.

Orenburg é o principal clube do continente nos últimos 10 anos: foram oito finais de Liga dos Campeões disputadas, com cinco troféus levantados (2012, 2013, 2015, 2017 e 2019). Em sua história, a equipe soma ainda nove títulos da Liga Russa (2005, 2006, 2008, 2011, 2012, 2014, 2015, 2018 e 2020), uma Copa da Europa (2010) e uma Supercopa da Europa (2012).

Calderano havia anunciado na semana passada que deixará o Liebherr Ochsenhausen ao final da atual temporada, a sua sétima pelo clube alemão. Sexto colocado do ranking mundial, o carioca seguirá com a equipe até o fim da Bundesliga, título que levou em 2019 - no mesmo ano, também conquistou a Copa da Alemanha.

"Estou muito feliz por me juntar ao Fakel Gazprom Orenburg para jogar a próxima temporada da Champions League. Essa mudança vai permitir que eu mantenha um calendário mais livre para me dedicar aos treinamentos e torneios internacionais. Ao mesmo tempo, vai me dar a chance de participar de uma competição de alto nível como a Champions League, com uma equipe super competitiva", afirmou o brasileiro.

O principal fator que motivou a saída de Calderano foi o desejo de dedicar mais tempo ao novo circuito mundial de tênis de mesa, rebatizado de WTT. A partir deste ano, os eventos internacionais terão ainda mais relevância, tanto em pontuação quanto em premiação. Além disso, devido à pandemia do novo coronavírus, os torneios serão agrupados em curtas temporadas de sedes únicas, limitando a disponibilidade do brasileiro para disputas por clubes.

Em Orenburg, Calderano conseguirá conciliar ambos os calendários, já que reforçará a equipe somente nos confrontos da Liga dos Campeões. A competição está prevista para começar no segundo semestre deste ano, mas ainda não teve suas datas anunciadas.

O próximo compromisso do brasileiro está marcado para esta sexta-feira, quando Ochsenhausen enfrentará o líder Borussia Dusseldorf, pela 16.ª rodada da Bundesliga. A equipe de Calderano ocupa a terceira posição na tabela de classificação, com 10 vitórias em 16 jogos - os quatro primeiros avançam aos playoffs.

Tudo o que sabemos sobre:
tênis de mesaHugo Calderano

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.